sábado, 12 de setembro de 2009

Nelsinho Piquet ?



"Nelsinho Piquet admite batida proposital em depoimento à FIA.

RIO - A novela envolvendo a batida de Nelsinho Piquet no GP de Cingapura no ano passado ganhou novo capítulo nesta quinta. O site inglês "F1SA" publicou a íntegra do depoimento de Nelsinho Piquet à Federação Internacional de Automobilismo (FIA).
O piloto brasileiro diz que foi "convidado" pela Renault a bater o carro e beneficiar o companheiro de equipe Fernando Alonso, que venceu a prova.

Jornal O Globo, Dia 10 de setembro de 2009

Nelsinho Piquet anuncia sua demissão da Renault

RIO - O brasileiro Nelsinho Piquet confirmou nesta segunda-feira que foi demitido da Renault, pela qual disputou uma temporada e meia como piloto oficial na F-1, e por isso já não disputará o campeonato a partir da próxima etapa, o GP da Europa, dia 23 de agosto, em Valencia. O filho do tricampeão mundial Nelson Piquet se disse 'desapontado' com a decisão da equipe, mas também aliviado por ter encerrado o que chamou de 'pior período da minha história profissional'. Nelsinho aproveitou sua saída para fazer um desabafo contra o ex-chefe Flavio Briatore, a quem chama de 'carrasco'.
- Recebi um comunicado da equipe Renault F1 referente a descontinuidade do meu trabalho como piloto oficial na atual temporada de F1. Obviamente, fiquei bastante desapontado ao receber esta notícia. No entanto, sinto também uma sensação de alívio por ter chegado o fim do pior período da minha história profissional. Poderei, agora, recomeçar o desafio de colocar minha carreira de volta no caminho certo, e recuperar a minha reputação de piloto rápido e vencedor - afirmou Nelsinho em comunicado oficial divulgado nesta segunda."

Publicada em 03/08/2009 às 13:15, Jornal O Globo Extra.
http://extra.globo.com/esporte/materias/2009/08/03/nelsinho-piquet-anuncia-sua-demissao-da-renault-757082309.asp
.....................................................................................

Opinião:

Sobre o caso de Nelsinho Piquet e outras coisas...

A postagem de hoje é dedicada ao caso de Nelsinho Piquet na Fórmula 1. Como todos devem estar sabendo, algo estranho ou como um ruído em nosso modo “normal” de enxergar o mundo aconteceu... Tivemos um piloto de F-1 batendo o seu próprio carro, causando um acidente, colocando a própria vida e a dos outros em risco e afirmando que fez isso de propósito! Será que somente eu achei isso tudo muito estranho? O caso de Nelsinho Piquet me fez pensar e questionar...
Longe de qualquer outra teoria ou conversa sobre o mundo da Fórmula 1 e dos esportes de atualmente, aqui vai meu parecer (e posso garantir pra vocês que não tem haver somente com o automobilismo e as corridas de carros).
Penso que esse episódio marca uma época e talvez, nosso Nelsinho tenha sido o primeiro piloto mundial a abrir essa “Caixa de Pandora” do esporte e consecutivamente de nossas vidas e do mundo contemporâneo. Não podia ser outro se não um brasileiro...
Ao contrário de seus oponentes, críticos ou rivais, eu acredito em Nelsinho! Acredito que esteja falando a verdade. Acredito que os bastidores da F-1 sejam exatamente o que ele está expondo. Em sua denúncia, Nelsinho nos apresenta uma reação a esse sistema. Dando nome aos bois; pilotos, managers, presidentes, escuderias, indústria... Isto é: aos esportes como um todo!
Retiro o caso de Nelsinho como um exemplo do que esta acontecendo não apenas no ramo dos esportes, como em muitas outras áreas. A palavra chave para entender o que estou querendo dizer é: Corrupção!
Ao alegar que causou o acidente coagido pela Renault e obedecendo a um contrato, eu pensei: O que está acontecendo? Onde estam àqueles verdadeiros “combates”, “pegas” e incríveis manobras desenvolvidas contando apenas com as habilidades manuais dos pilotos ao controlarem suas máquinas uns contra os outros? A tecnologia? Não era tão desenvolvida quanto hoje em dia, mas quem precisava? Tínhamos pilotos! As equipes desenvolviam apenas o seu papel. O dinheiro era e sempre foi um fator importante mas não o principal. Corriam outros, melhores e gloriosos tempos da Fórmula 1 e não me refiro a desagradável Era de “transição” (na minha opinião) de Schumacher nos anos noventa...
Mas isso acontece somente na Fórmula 1? Será que não vimos recentemente notícias parecidas com essa em outros esportes e competições mundiais? Na Copa do Mundo, realmente apenas ganham os melhores? Os jogadores só jogam em seus clubes e seleções de coração? E nas Olimpíadas? Ganha realmente os melhores “gloriosos-deuses-atletas” dos esportes? Ou quem ganha mesmo são aqueles que contam com as melhores infra-estruturas? Conseguiríamos avaliar realmente as habilidades, dons ou talentos de cada um deles dentro desses sistemas? Acho que não...
No meu parecer estamos vivendo o cair das máscaras, o fim das ilusões, das inocências e das esperanças. Não consigo não ter uma opinião negativa perante tudo que observo ao redor. Nos esportes, assim como em outros assuntos, o que vejo são grandes peixes comendo uns aos outros enquanto que todo o resto de médios e pequenos peixes, não são eliminados mas usados nessa batalha! Os maiores precisam dos menores e os menores, pra variar, continuam sem perceber isso.
Nelsinho Piquet é um desses peixes menores. Assim como tantos outros jovens, atletas, artistas, escritores, músicos, professores, estudantes e etc., que trabalham para grandes marcas, indústrias e sistemas corrompidos. Acrescento sem pena e piedade nessa “Lista Negra” de meios corrompidos as mídias televisivas e de comunicação em massa, as indústrias de produtos e bens de consumo, as artes vendidas, a indústria militar, os sistemas políticos governamentais, as religiões fanáticas e parasitas, os sistemas de controle em geral e dos esportes, os sistemas podres de comércios com suas ditaduras econômicas, a todo aquele que nos mata ao usar e destruir a natureza, as instituições falidas que se mantêm apenas pela ausência de novas idéias e soluções sociais e finalmente a intolerância e o individualismo mesquinho que não à toa se instalou em nossas cabeças, visto o fim das utopias observadas pela ação dos responsáveis pelos sistemas listados acima.
Seria uma coincidência pensar que o caso de Piquet esteja acontecendo logo depois do acidente de Felipe Massa causado oficialmente por um acaso da máquina que controlamos? Não sei, mas o que sei é que algo muito errado acontece e o que é pior; talvez pela primeira vez no momento atual, tenhamos realmente consciência disso e das verdades desse mundo corrompido, porém, não temos a menor idéia do que pensar e fazer para mudá-lo.
Só me resta então, escrever esse texto ridículo e observar os acontecimentos de nossos tempos. Ou agir como todos atualmente, no momento em que publico nesse blog, o que diz meu irmão mais velho: “... Não vejo nada de novo ou melhor nas criações contemporâneas. Apenas variações da mesma idéia em cima de crônicas de nossa época...”.

Nenhum comentário: