sexta-feira, 23 de abril de 2010

Saving Plastic Mini-Ryan!




Saving Plastic Mini-Ryan - Vídeo

Little Green Plastic Army Men

...

"Saving Little Green Plastic Army Men!"

Green Plastic Army Men, G.I. Joe ou simplesmente chamados de Soldadinhos de Plástico aqui no Brasil, não importa o nome, estes brinquedos são queridos da minha infância (e pra quem for mais velho do que eu, com certeza também foram importantes). Navegando pelo YouTube dia desses, eis que me deparo com eles novamente! Fizeram essa ótima adaptação em animação, utilizando eles, de uma das cenas finais do roteiro do filme Saving Private Ryan, ou O Resgate do Soldado Ryan em português, para Saving Plastic Mini-Ryan! O autor do vídeo, ao que parece, chama-se John Ross e foi muito bem sucedido em sua idéia! Me diverti muito! Muito bem executado e engraçado!

Sou fan desse tipo de brinquedo até hoje e recentemente estive no comércio à procura deles e descobri um triste fato; eles não são mais tão populares entre as crianças atualmente! Antigamente, nas grandes cidades brasileiras, eram brinquedos baratos e super fáceis de se encontrar. Havia de todos os tipos, formatos e "nacionalidades", como por exemplo; soldadinhos facilmente identificáveis como os alemães, japoneses, ingleses, americanos e soviéticos. Hoje, no entanto, só vendem um tipo e mesmo assim raros, caros e mal fabricados. Triste...

Criados mais ou menos entre os anos 50 para substituir os antigos soldadinhos de chumbo que eram mais bonitos, porém perigosos para as crianças que engoliam as peças pequenas correndo riscos de envenenamento pelo chumbo, eles foram lançados, ao contrário, sem nenhuma restrição aparente. Logo, o sucesso foi imediato e outros tipos, poses (os de chumbo raramente alteravam as poses que eram geralmente de cerimônia marcial), cores, acessórios, etc., surgiram para delírio da garotada! Foram muito populares até os anos 70/80, depois disso decaíram. A regra era: os meninos e seus soldadinhos e as meninas e as bonecas bailarinas.

Bom, hoje em dia, esses brinquedos estão parecendo cada vez mais com velharias do passado, mais ou menos como aconteceu na época das bonecas de porcelana e os carrinhos de madeira do Séc XIX e início do XX repudiados pela geração do Pós-Guerra. A criançada agora só quer consumir Playstations, XBox, simuladores e jogos em Softwares avançados.

Mas a lembrança e o carinho com eles ainda persistem em pessoas como John Ross, EU, o artista apaixonado da foto abaixo, jogadores de wargames, WAR & RISK que utilizam deles nos jogos de tabuleiros, colecionadores que pagam fortunas por eles, artistas e artesãos que fabricam, pintam e os exibem em exposições e tantos outros. Recentemente, ouvi falar que o novo filme da série Toy Story da Pixar, também faz uma homenagem à eles em algumas cenas ou mesmo a campanha publicitária gráfica da série televisiva The Pacific do canal HBO. Também me disseram que os famosos heróis dos anos 80, Os Comandos em Ação ou G.I. Joe's da Cia. Hasbro (no Brasil pela Cia. Estrela), também foram inspirados neles, como uma continuação, versão moderna, mais arrojada e personalizada com história, mocinhos e vilões. Além deles, existiam outros tantos brinquedos do tipo, famosos no período com o plastimodelismo dos modelos Revell em veículos aéreos, marítimos e terrestres. Por isso tudo, eu acho que apesar dos pesares, eles ainda vão ficar por aí com seu espaço garantido durante um bom tempo...


Artista faz performance como soldadinho na escala natural em convenção nos EUA.

Fontes: http://www.youtube.com/watch?v=7wD5KjY5cww&feature=related
http://www.youtube.com/watch?v=Fef1TdXgj6s&feature=related

Um comentário:

Anônimo disse...

Ainda no início dos anos 90, era comum encontrar esses soldadinhos em qualquer armarinho de esquina. É uma pena que brinquedos tão tradicionais estejam desaparecendo. Confesso que quando criança, em época de festa junina, cometi o pecado de destruir alguns soldados usando bombinhas como se fossem minas. Mas fica as recordações da infância...