quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

"Caveirãozinho"



Carrinho de brinquedo do Caveirão do BOPE!

Esse Natal Papai Noel vem de roupa preta, de Caveira!

O brinquedo mais vendido do Dia das Crianças também está bombando no Natal! Eu particularmente não tenho nada contra o brinquedo, afinal, estamos falando de nossa polícia à quem deveríamos ter como nossos heróis, oras! Os americanos e europeus fazem isso à séculos e nós achamos o máximo, crescemos comprando essas idéias, então, por que não podemos ter os nossos representantes policiais e militares em brinquedos? Ainda mais em uma fase de atuação militar em que a população concorda com as ações policiais? Na minha opinião, seria censurar a criação e a idéia do criador e fabricante (nacional, por sinal). Se vender bem nesse ano, foi porque teve uma grande idéia afinal!
Como educador, consigo distinguir as coisas. Tempo de censuras e ditadura militar, que eu saiba, já passou. Quem não concordar com o que está acontecendo, com argumentos também interessantes sobre a violência decodificada para as crianças, me desculpe, mas acho que não está concordando não é com o brinquedo mas com a ordem atual do mundo e do capitalismo. Essa, é uma outra discussão e acho que não merece nem o brinquedo e nem o seu criador serem vítimas dela. Seria injusto, eles legalmente não fizeram nada de errado, ao contrário, responderam a uma necessidade e demanda do mercado (tudo, até agora, dentro de nossa lógica).
Não acho esse tipo de brinquedo politicamente incorreto ou subversivo, pirata ou pejorativo. Falar de guerra e violência, por mais que seja criticado, bem ou mal, são assuntos que fazem parte de nossa vidas, e no caso, de nossa polícia. Se pensarmos assim, o jogo de Xadrez ou outros jogos de estilo estratégia como o Risk, Gamão, RPG, etc, também são incorretos, pois afinal, todos são de "guerra", "violentos", "deseducadores"... Não é bem assim, não?

Minha opinião...

O fabricante já prometeu mais lançamentos para ano que vem como o boneco dos caveiras, helicopteros e etc. Aqui embaixo a reportagem do Globo quando do lançamento do produto no mercado no Dia da Criança:



07/10/2010 08h00 - Atualizado em 07/10/2010 11h56
Dia das Crianças tem 'caveirão' de brinquedo no Rio
Brinquedo possui adesivos estilizados parecidos com símbolo do Bope.
Bonecos de policiais armados vêm junto com o carro.

Em uma loja de departamentos de Bangu, na Zona Oeste do Rio, o locutor anuncia repetidamente um brinquedo um tanto diferente. O que era o símbolo da ocupação policial nas favelas agora é uma miniatura. O carro blindado do Bope, conhecido como caveirão, virou brincadeira de criança.

Com direito a seteiras espalhadas no veículo (pequena abertura que evita que os policiais fiquem com o cano das armas para fora), portas que podem ser abertas, bonecos de policiais armados com réplicas de fuzil e adesivos com uma caveira estilizada, o brinquedo tem o nome de ROTB, uma sigla para Roma Tático Blindado. A miniatura tem tido bastante procura. Pelo menos é o que garante Valtency Martins, chefe de departamentos da loja.

“Por dia estamos vendendo de 10 a 12 unidades e muita gente liga e pergunta sobre o caveirão. E isso sem propaganda. As pessoas vêem e querem comprar”, contou Valtency.

Para aumentar ainda mais as vendas, o gerente da loja de departamentos, Cosme da Silva, pretende vincular o brinquedo ao filme Tropa de Elite 2, longa que estreia este mês nos cinemas.

“Temos pedido para o locutor citar o filme. Ainda mais agora que vai estrear. Tenho certeza que a demanda irá aumentar ainda mais depois que o Bope voltar a ficar em evidência”, disse o gerente.

Fonte:http://g1.globo.com/

Nenhum comentário: